terça-feira, 16 de novembro de 2010

Tolice.

Eu deveria ter estranhado tamanha perfeição. Mas, ao contrário, pensei que não custava nada tentar acreditar que aquilo era bom de verdade. No começo a palavra inigualável era sim a melhor definição, não posso negar. Mas os dias passaram e a sua vontade de me fazer feliz foi se transformando em algo nada significativo, em algo sem a mínima importância. Tentei não enxergar, até achei que aquilo era uma fase, que ia passar com o tempo: pura ilusão. Fui mais boba ainda em te dar uma chance pra mudar. Não pensei em mim, de fato, o que só piorou a MINHA situação, o MEU lado da história. O que eu ainda não sabia era que quem nos decepciona não necessariamente não presta. Às vezes, a decepção é causada por nós mesmos, que esperamos da pessoa além do que ela pode nos dar.

Um comentário:

  1. minha cara, totalmente minha cara. perfeitas postagens! :* <3

    ResponderExcluir